Velozes e Furiosos 10 (Review)

Uma franquia de Hollywood chegar ao seu décimo filme (décimo primeiro se contar o spin off), que começou com um bando de sujeitos fazendo racha e roubando dvd player, é algo que precisa ser respeitado. Mesmo com toda a franquia sendo completamente ridícula, Velozes e Furiosos 10 mostra que a força desses personagens e os absurdos pelos quais eles passam realmente têm um público e ele vai até onde essa galera resolver ir.

Dito isso, Velozes e Furiosos 10 é um filme MUITO ridículo. Note que eu não falo isso de uma maneira pejorativa e seria até errado da minha parte esperar algo que não fosse cretino do DÉCIMO filme de uma franquia. Se você chegou até aqui, com certeza já abraçou com todas as suas forças a ideia de família, carros e gente sem preparo algum se tornando verdadeiros espiões internacionais.

Em Velozes e Furiosos 10, novamente a franquia utiliza algum filme anterior que deu muito certo (Velozes e Furiosos 5, aquele no Rio de Janeiro) para introduzir um novo vilão, interpretado por um Jason Momoa que tá se curtindo PRA CARAMBA. Ameaçando a FAMÍLIA, que agora está totalmente fragmentada, Dominic Toretto precisa arrumar um jeito de parar o vilão antes que tudo vá pro saco.

Jason Momoa em Velozes e Furiosos 10

Eu poderia falar mais sobre a trama do filme, mas ele malemá tem uma trama e ninguém vai assistir esses filmes pela história bem elaborada. A galera quer ver ação, doideira e Dominic Toretto mostrando que como piloto é bem qualquer coisa, mas como GÊNIO SUPREMO DA FÍSICA é insuperável. Toda cena de ação com ele mostra um conhecimento absurdo de força, ângulo, velocidade, peso, em que tudo sai do jeito que o cara quer. Fera demais!

O filme acaba sendo dividido em diferentes núcleos, cada um com um pedaço da família tentando se encontrar. O retorno de personagens interpretados por Charlize Theron (que tem uma das melhores cenas do filme logo no comecinho), John Cena (100% na vibe Peacemaker) e Jason Statham (sempre pronto pra dar porrada) é divertido e faz sentido dentro do contexto desse que é só o primeiro filme do final da saga.

Brie Larson em Velozes e Furiosos 10
Tem até a Brie Larson!

Sim, porque segundo o Vin Diesel, Velozes e Furiosos 10 provavelmente será o começo de uma trilogia final. ESSA PARADA VAI ATÉ O 12, ELES SÃO MALUCOS!

Falando sério sobre a família

Parece que eu achei o filme ruim, mas isso está longe de ser verdade. Como eu disse, a série chegou até o décimo filme sendo completamente mentirosa e seria errado esperar algo diferente nessa altura do campeonato.

Eu confesso que sempre gostei porque são filmes que claramente sabem o que são, quem é o público que vai assistir e metem o pé no acelerador por conta disso. Meu receio estava no fato de Velozes e Furiosos 9 ter sido MUITO ruim, em um nível que me fez acreditar que talvez a franquia tinha entregue tudo o que podia oferecer e agora tava só patinando (tô cheio de analogia com carros, SOU FERA).

Só que Velozes e Furiosos 10 incrivelmente mostra que ainda tem bastante gás (olha lá) para mais filmes pois, novamente, entende o que precisa fazer para agradar o público e impulsionar esses personagens de maneira que parece que faz sentido, pelo menos dentro daquele universo caótico em que eles vivem.

Velozes e Furiosos 10 é o tipo de filme que justifica salas de cinema com telas gigantescas e som ESTOURANDO. É um filme divertido, que reconhece sua loucura e aposta em só coisas mais loucas porque sabe que seu público espera exatamente isso.

É um filme sem final, já que o Velozes e Furiosos 11 vem logo aí, mas eu DUVIDO que alguém vai terminar a sessão reclamando. E ainda tem cena pós-créditos pra coroar tudo.